Transforme a decoração da árvore de Natal em um momento família

Transforme a decoração da árvore de Natal em um momento família

 

Filho e mãe decorando a árvore de natal

 

O Natal é uma das épocas do ano mais especiais para as crianças. Em meio a lendas e tradições, os pequenos realmente acreditam na magia da data. A decoração da casa é muito importante nesse momento, já que é ela que traz o espírito natalino para o lar e torna a atmosfera diferente. A árvore de Natal é um dos símbolos de decoração mais tradicionais e o momento em que ela é enfeitada pode se tornar marcante na vida da família, cheio de brincadeiras, criatividade, amor e interação entre pais e filhos.

A decoração de Natal remete à infância e naturalmente desperta uma memória afetiva nas pessoas, como diz Elis Rinaldi, diretora de marketing da Rica Festa. “Os aromas, as luzes, a decoração e as canções lembram o que vivemos quando éramos crianças. Considero muito importante transformar o Natal em um momento familiar, já que, criando isso, você desperta no filho este mesmo sentimento, que ele também vai levar para os filhos, netos e assim por diante. É uma forma de preservar um vínculo eterno dos filhos com seus pais”, conta Elis.

Estabelecer tradições é uma das melhores formas de marcar o momento da decoração da árvore de Natal e encontrar até um dia exato para a atividade pode deixar tudo ainda mais especial. Muitas pessoas escolhem o dia 06 de dezembro para decorar a casa e a árvore, pois esse é o dia de São Nicolau, o popular Papai Noel. Mas cabe à família estipular uma data, de preferência no início de dezembro, em que possam se reunir e montar a árvore.

Segundo a terapeuta infantil Denise Dias, o momento de decorar a árvore pode se tornar muito importante para as crianças e estabelecer essa tradição é positivo até para a educação e amadurecimento delas. “Quando os convidados chegam para a Ceia Natalina, a primeira coisa que todos olham e comentam é sobre a decoração da árvore e nessa hora a criança se sente importante e orgulhosa do que realizou”, conta.

Denise diz também que pendurar as botas de tecido onde os pais autorizarem, ajudar a montar o presépio e ter o cuidado para que os enfeites da árvore não se quebrem, são atividades que estimulam o autocontrole, boa coordenação motora, paciência e noção espacial para espalhar os enfeites de modo que a árvore fique harmoniosa. Além disso, também fazem com que a criança se sinta de fato mais madura e autoconfiante.

“Uma dica que dou é que os pais não deixem que o estresse os invada em um momento tão bonito como esse. Aproveitem para se divertirem, dando limites às crianças, mas também permitindo que elas opinem”, completa Denise. Elis Rinaldi lembra também da importância de fazer com que o momento de decorar a árvore de Natal seja agradável e descontraído e que a criança o entenda como uma brincadeira feita em família, onde ela recebe atenção e carinho. “Com isso, ela se sentirá valorizada e quanto mais agradável for a experiência, mais vai querer repetir quando tiver a sua própria família”, finaliza.

O espírito natalino que toma conta de todos durante a época que antecede o Natal não pode ser esquecido durante a decoração da árvore, principalmente por esse ser um momento em família. Os filhos devem saber que a época de Natal é um tempo de generosidade e bondade e os pais também devem se deixar levar pelo espírito de paz e confraternização.

“Os pais possuem muitos motivos para manter aceso o espírito natalino em seus filhos. Assim eles se tornarão adultos com os corações abertos e que sempre vão admirar essa data que é tão bela dentro da nossa cultura”, diz Denise Dias. Já Elis Rinaldi finaliza com um conselho. “O Natal sempre nos desperta a vontade de fazer o bem, de nos reconciliar, de sermos melhores. Tudo pode começar com o simples gesto de viver um momento em família durante a decoração da árvore de Natal. É disso que o mundo precisa”.

Publicado 18/12/2012 – www.bbel.com.br/natal-e-ano-novo