Espaço Vital

Espaço Vital

 

A chamada “Lei da Palmada” causou muita polêmica no País desde que foi anunciada, em 2010. O projeto de lei, que conta com o apoio de diversas personalidades, como a apresentadora Xuxa e o ex-presidente Lula, tem como principal objetivo acabar com a punição física contra crianças e adolescentes que apanham dentro de casa.

Por outro lado, há pessoas que discordam dessa tese e acreditam que uma palmada de vez em quando faz bem e ajuda na educação das crianças.

Uma delas é a terapeuta infantil Denise Dias, que está lançando o livro “Tapa na Bunda”.

A obra lançada pela Matrix Editora pretende ajudar os pais que têm dúvidas sobre como impor limites e alcançar resultados eficazes. A autora mostra que existe uma divisão clara entre violência e respeito, agressão e disciplina.

De acordo com a terapeuta, o maior problema é que as pessoas confundem o tapa com uma surra. “Os pais de hoje sofrem por não ter a certeza de como agir como pais e pecam na permissividade”, alerta.

Segundo Denise Dias, muitos condenam o tapa e os castigos aos filhos. Mas se esquecem de que cabe aos pais, e somente a eles, a maior e principal responsabilidade sobre as crianças: a formação de seus valores, do seu caráter e do que cada filho será como adulto quando crescer. (Com informações da Folha de Londrina).

Postado em 10 de Outubro de 2011 | www.espacovital.com.br – Tapa na Bunda